22/09/2017

Resenha: Eu & Chico - Dirce Mello

Eu & Chico

Autor(a): Dirce Mello
Editora: Autografia
Páginas: 242
Resenha por: Larissa
Nota: 4/5
*Livro cedido pela editora para resenha




Sinopse: Em sua primeira obra, a autora elege um de seus ídolos como interlocutor numa conversa absolutamente fictícia. Motivada por coincidências de vida (aniversariam no mesmo dia), dá vida a um papo amistoso em que se reconhecem e às vezes se estranham, todavia mantendo o tom coloquial e humorado. Tendo na música o principal ponto de encontro entre ambos, não só resgata passagens de suas vidas, como busca entretecê-las na rica conjuntura do tempo/espaço da vida carioca e transforma-o, no decorrer de alguns anos, em seu caro amigo confidente - sensível tentativa de aproximação entre sonho e desejo, onde não faltam fantasia e prazer, como em qualquer romance idealizado.

Resenha: Fã do cantor Chico Buarque, Dirce Mello resolveu publicar este livro, como forma de homenagem ao mesmo.

"Tem andado esquisita. Ou é o mundo? O tempo tem dado para tudo, não me canso como antes. Só que não me chegam forças propícias quando penso na gente, conversar com você é outra conversa. Não se sinta de lado desprezado. Se você crê em deus erga as mãos para o céu e agradeça..."

O livro é escrito como se fosse um diário, onde a autora conta ao Chico algumas histórias e coincidências, como o dia do aniversário e o dia em que ambos perderam o pai

"Ai, a primeira dama, o primeiro drama, o primeiro amor... Dirce amava Chico que amava Bethânia que amava Gal que amava Gil que amava Caetano que amava toda quadrilha..."

Dirce "conversa" tão à vontade com Chico que fala de seus livros e filmes favoritos que ela gosta ver, ler, rever, reler, trever... Conversa com ele sobre o que ele achou do novo acordo ortográfico, sobre suas afinidades musicais, etc.

A "intimidade" entre os dois é tão grande que Dirce conta para Chico até sobre um namorado virtual que não manda mensagem há dias e ela pede ajuda para que Chico não a deixe continuar assim, triste, por uma decepção amorosa.

Em um capítulo, Dirce conta que foi à uma astróloga fazer meu mapa astral e que isto a fez repensar a vida, ter vontade de viver melhor. A escritora começou a trabalhar muito cedo e, consequentemente, se aposentou cedo, mas continuou trabalhando, e na data em que o capítulo foi escrito, tudo o que ela queria era tornar real o diário que já vinha escrevendo há algum tempo. E isto me remete a um fato engraçado: um belo dia, imagino que já no final do diário, eis que Dirce, com pouco conhecimento em informática, apaga tudo o que já tinha escrito. Ela quase surtou, mas "conversou" com Chico e se acalmou até a chegada do técnico de informática que salvou sua vida e sua obra (ainda bem).

Todos os capítulos se iniciam com uma frase extraída de alguma música do cantor, o que achei muito bonito.

Achei muito bacana a ideia da autora de escrever um "diário" para seu ídolo. Não conheço o Chico, "não é do meu tempo", como digo, mas ainda assim pude aproveitar a leitura. Acredito que os fãs de verdade irão amar o livro!

20/09/2017

Sorteio: Segundo aniversário do blog Duas Livreiras

Olá, livreiras e livreiros! É com muita felicidade que viemos informar à vocês que amanhã, dia 21/09, o blog Duas Livreiras estará completando dois aninhos.

Parece que foi ontem que surgiu a ideia de um blog para que pudéssemos compartilhar com o mundo inteiro nossas leituras, parece que foi ontem que começamos a ser acolhidas por editoras e autores super queridos que nos deram uma chance quando o blog ainda era jovem, parece que foi ontem que tudo começou... Como passa!

E é claro que para comemorar dois aninhos de vida de um blog, não há nada melhor que um grande sorteio, não é?!

Muito obrigada à todas editoras/escritores/blogs amigos que colaboraram para este grande sorteio, vocês estão em nossos corações.

Boa sorte à todos!

PRIMEIRO KIT
- Livro "O gnomo Elias" (Chiado Editora)
- Livro "Vinícius" (Chiado Editora)
-Livro "O prédio, o quarto e Erick" (Chiado Editora)
- Kit de 20 marcadores (Blog Leitoras Vorazes)

a Rafflecopter giveaway

SEGUNDO KIT
- Ebook "Coroa de ferro e trono de espinhos" (Alana Gabriela)
- Livro "Meninos e meninas" (Editora Autografia)
- Livro "Os diferentes tempos de uma senhora idosa" (Editora Autografia)
- Ecobag "GRL POWER" (Editora Autografia)
- Kit de marcadores (IG Lu entre livros)

a Rafflecopter giveaway

TERCEIRO KIT
- Livro "Morte" (Editora IDE)
- Livro "Para não perder a vontade de viver" (Editora IDE)
- Livro "Dona Loba" (Editora IDE)
- Kit de 15 marcadores (Cilene Resende)

a Rafflecopter giveaway

QUARTO KIT
- 3 livros surpresas + marcadores (Patrícia Brito)
- Kit de marcadores (Graci Rocha)

a Rafflecopter giveaway

QUINTO KIT
- Livro "Osho" + marcadores (Blog Bibliotecar)
- Livro "Magia" (Editora Mundo Uno)
- Livro "Despertar" + marcadores (Cristina Daitx)
- Ecobag + marcadores (Judie Castilho)

a Rafflecopter giveaway

OBSERVAÇÕES:
- As opções que já aparecem no formulário são obrigatórias; as que aparecerem a seguir são opcionais
- O sorteio terminará no dia 25/10 e o resultado será divulgado nessa mesma postagem no dia 26/10
- Os ganhadores têm até 48 horas para responder meu email
- Os prêmios serão enviados em até 60 dias úteis
- Cada kit terá um ganhador
- Como são vários blogs/editoras/escritores participantes do sorteio, os prêmios de um mesmo kit chegarão separados
- Todas as regras serão conferidas
- Não nos responsabilizamos por extravio ou atraso dos correios
- Caso você não saiba como participar do sorteio, veja esse tutorial

18/09/2017

Resenha: Nas fases do amor - Glauco Stauffenberg

Nas fases do amor

Autor(a): Glauco Stauffenberg
Editora: Em Foco
Páginas: 124
Resenha por: Larissa
Nota: 4/5
*E-book cedido pela editora para resenha




Sinopse: Depois de inúmeras tentativas de mostrar para a amada que o relacionamento estava desandando, Gabriel tem uma última opção para fazer Hannah acordar; Aceitar uma viagem para estudar e trabalhar em Londres.

Em uma troca de cartas discutem sobre amor, amizade, relacionamento, filosofia e buscam entender se "há alguma glória em deixar partir um grande amor."

Resenha: "Nas fases no amor" nos traz a bela estória de Gabriel e Hannah. Tudo o que sabemos é o que está escrito nas cartas que eles estão trocando, pois o livro é escrito assim e é só no epílogo que temos narração.

Hannah e Gabriel eram um casal, porém, ao receber uma proposta de trabalho em Londres, Gabriel vai, principalmente para dar um tempo no relacionamento dos dois.

Pelo o que podemos ler nas cartas, Hannah era do tipo ciumenta possessiva, o que fez com que Gabriel quisesse se afastar.

"Faz um tempo eu comentei com você sobre uma proposta de trabalho fora do país, se lembra? Você nem me deu tempo para explicar. Foi eu falar e um vaso foi arremessado na porta. A coitada da flor, que nada tinha a ver com a conversa, ficou grudada no olho mágico."

Nas primeiras cartas, em que ainda estão falando sobre sua estória, é difícil saber em qual acreditar, pois cada um diz uma coisa, o outro desmente, e é mais ou menos assim. Eu fiquei meio perdida quanto a qual lado ficar.

Confesso que fiquei um pouco irritada com Gabriel, pois, ao mesmo tempo em que ele dizia estar com saudade de Hannah, não queria vê-la, sabe? Isso me deixou com raiva dele, ao mesmo tempo em que eu entendia os motivos para ele não querer vê-la por agora.

"Você se tornou o tipo de pessoa que mais criticava."

Sobre o final, ou melhor, os finais, eu gostei muito. O livro tem dois finais, isso mesmo, algo que eu nunca tinha visto em um livro, mas que achei muito criativo da parte do autor. Assim, temos um final que é aquele e pronto, porém tem uma parte "E se tudo fosse diferente?", em que o autor nos apresenta um final completamente diferente. Se eu tivesse que escolher, ficaria com o segundo, é óbvio.

"Por ironia da Gramática, o pretérito é chamado de perfeito, mas hoje ambos concordamos que estivemos longe da perfeição."

Bem, eu gostei muito do livro, achei tudo bem diferente, desde a escrita em cartas até os dois finais. Com certeza recomendo a leitura, principalmente aos amantes de um bom romance!

15/09/2017

Resenha: Ensaios - Camila Pontes e +

Ensaios

Autor(a): Camila Pontes e +
Editora: IDE
Páginas: 231
Resenha por: Larissa
Nota: 5/5
*Livro cedido pela editora para resenha




Sinopse: 13 novos autores, 13 contos inéditos, 13 histórias de vida com um ponto em comum: O SER HUMANO.

"... SÓ OS GRITOS eram mais altos do que o barulho da chuva..."
"... A GAROTA ABRIU a porta lentamente e o que viu jamais esqueceria..."
"... NO JANTAR QUE SE seguiu ela apenas conseguia pensar em como tudo acontecera..."
"... NO AMANHECER do dia seguinte, fui qualificado como órfão."
"... UM ARREPIO ESTRANHO, como se algo transpassasse meu corpo..."
"... EU ERA POPULAR. Um post meu alcançava, nos dias ruins, mais de 500 likes e 3.000 views."
"... MAS EU AINDA me sentia um homem velho e acabado..."
"... SAÍ CORRENDO, nem vi se o playboy tava vivo ou morto..."
"... AMBOS SABENDO que haviam sido forjados a ferro e fogo..."
"... EU NÃO QUERIA que ninguém me dissesse nada!"
"... QUE DIFERENÇA isso faz?"
"... ERA SÓ MAIS UM dia como os outros..."
"... UM CÁLIDO VENTO de verão balançava suavemente as cortinas..."

Resenha: "Ensaios" é um livro que nos traz 13 contos simplesmente maravilhosos, de 13 novos autores muito talentosos. Vou falar um pouco de cada conto, e não só de alguns (como faço em algumas resenhas), pois todos merecem...

O primeiro conto fala sobre mãe e filha. Elas não tem uma relação muito boa; Camila (a filha) não ajuda sua mãe em casa e com isso ela se estressa facilmente. Um dia, porém, acontece algo horrível, que deixa Camila apavorada e faz com que dê mais valor a sua mãe...

"Sabe quando algo dentro de nós nos diz que tudo está mal? Então... Era exatamente assim que eu me sentia."

"Um assassino em minha vida" nos apresenta primeiramente Martin, um monstro, que vai até uma lanchonete e acaba matando uma mãe e seu filho, deixando apenas uma garotinha, a filha, pois ele devia fazer isso, devia matar e roubar... Anos depois, acompanhamos a estória de Gwen, a garota - agora já uma mulher -, que quer vingança. No fim tudo fica claro e o leitor é surpreendido.

"A vida é uma escola" faz jus ao nome, pois nos mostra que, realmente, a vida é uma escola. Sofia é daquele tipo de garota mimada e rica, que tem tudo o que quer, até que seu pai tem uma crise financeira e ela tem que partir da melhor escola particular da cidade para uma escola pública, cheia de gente que "não faz o tipo dela", e é aí que ela vai aprender muitas coisas.

"Um amigo é alguém que divide as coisas, principalmente as experiências, os pensamentos, e que está ao nosso lado, que é verdadeiro, que não nos engana..."

Em "Caminho certo" vamos conhecer Eduardo, um rapaz que quando ainda era criança foi abandonado pelos pais, que morreram na criminalidade. Após ser descoberto sozinho em casa, o menino foi para um orfanato, onde passou a ser tratado muito mal, até que ele e mais uns amigos resolveram fugir... O que acontece depois vocês terão que ler para descobrir (haha).

"Apesar de tudo, estava tranquilo, pois o que aprendi foi que nenhuma folha cai da árvore sem que seja pela vontade do Pai."

Bem, o conto "Piloto" começou muito bom, com um mistério e uma narrativa muito interessantes, porém eu não entendi muito bem o final (gente, eu sou lerda, então vocês com certeza entenderão e não ficaram "boiando" como eu)...

Em "Bicho virtual" vamos conhecer um rapaz viciado em internet e nas redes sociais, o que faz com que ele não tenha amigos "de verdade" e nem repare nas coisas que estão ao seu redor. Um dia ele fica sem bateria em seu celular, fora de casa, e aí, o que será que acontece? É claro que vocês terão que ler para descobrir, mas posso dizer que o final é muito bom e digno.

"Reprise" foi um conto que começou meio confuso para mim, mas que depois, quando passei a entender a estória, se tornou muito bom. Nesse conto conhecemos um escritor, que já no mundo espiritual, nos conta sua história quando ainda era vivo. E o final? O final nem se fala! Certamente é um conto surpreendente e que me deixou de boca aberta - literalmente.

Em "Vida bandida" vamos conhecer um homem que está preso, e está relatando sua vida até ali para o "doutor". Ele teve, literalmente, uma vida bandida, e foi parar ali. O conto é escrito bem na forma como falamos, então no início estranhei um pouco, mas depois acostumei.

"Estandarte" nos trás um homem que está no dia de sua formatura e, com isso, resolve perguntar à sua mãe quem é seu pai. Ela conta toda a estória para ele; uma estória bem triste, mas que a tornou na mulher determinada que é hoje.

No conto "Eu queria muito acreditar" acompanhamos a tristeza de um rapaz após perder seu pai... A dor é descrita de uma forma bem triste, que dá para o leitor sentir o que o personagem está sentindo.

"Eutimia" nos traz um diálogo entre dois homens sobre o espiritismo. O começo é um pouco confuso, mas ao longo do conto vamos entendendo melhor.

Em "American dream" vamos conhecer uma mulher que tem tudo o que é material, mas que, sem seus pais neste grande mundo, sente-se sozinha e faz com que percebamos que, no fim, de nada nos vale uma vida material sem pessoas queridas ao nosso lado.

O conto "Botão de flor" é bem curtinho, mas muito bonito. Aqui temos outra protagonista "sozinha", mas esta quer tirar sua vida...

A ideia da editora com este livro é dialogar com o jovem, ao mesmo tempo em que passa valores importantes, o que com certeza foi realizado com sucesso! São contos que nos passam valores muito importantes, mas que em nenhum momento se tornam chatos ou repetitivos. Cada autor soube construir uma estória bonita com seus ensinamentos. O público alvo do livro seriam os jovens, mas eu digo que é um livro para todos, pois tenho certeza de que todos irão aprender muito com os contos, ao mesmo tempo em que irão surpreender-se e usufruir de estórias belíssimas. É um ótimo livro para presentear alguém!

13/09/2017

Tag: Desafio farroupilha

Olá, livreiras e livreiros! Tudo bem com vocês? Hoje viemos responder uma tag muito legal, esperamos que gostem!

Bem, para quem não sabe, nós do Blog Duas Livreiras moramos no Rio Grande do Sul e, no dia 20 de setembro, é comemorado o dia do gaúcho, porém a semana farroupilha - como é chamada - inicia-se hoje. É por isso que resolvemos responder esta tag "gaúcha-literária".

O desafio/tag a seguir foi visto no Instagram @paty_bookaholic, mas todos estes IG's ajudaram a criá-la: @tchelivros @bahquelivrotri @leiturasdedeni @supimposa @claridadeliteraria @entrepaginasecafe @luadecafe @estantediagonal @tracasleitoras @ceuliterario @livrosdefran @nas_entrelinhas01. Nós achamos a tag muito criativa e resolvemos respondê-la. No caso, no Instagram, os IG's estão respondendo a "tag" como um desafio, em que cada dia é publicada uma foto respondendo as questões, porém nós vamos responder como uma tag mesmo. Vamos lá!

1. O laçador: história que te prendeu desde o começo.
Larissa: "A garota de treze" (Lilian Reis) - Esse livro é muito fofo e me prendeu desde o começo, tanto que terminei a leitura super rápido.
Viviane: "Quatro vidas de um cachorro" (W. Bruce Cameron) - O livro é narrado por um cachorro, então, desde a capa, eu não consegui mais largar.

2. Casal bagual: teu casal literário favorito.
Larissa: Elizabeth e Justin, de "Para sempre" (Glaucia Santos) - Esse livro é um dos meus favoritos, e o casal é muito amorzinho, gosto muito!
Viviane: Gus e Hazel, de "A culpa é das estrelas" (John Green) - Este casal divide opiniões, pois tem quem ame e tem quem odeie o livro. Eu amei, sofri junto e fiquei muito triste com o final deles.

3. "Me tapei de nojo": detestou o final.
Larissa: "Quem é você, Alasca?" (John Green) - Não é que eu tenha detestado o final em si, o que não gostei foi que muitas pontas foram deixadas soltas.
Viviane: "Como eu era antes de você" (Jojo Moyes) - Já estou sendo repetitiva, mas tem livro que te marca por ser bom, enquanto outros, como esse, te traumatiza para o resto da vida. Odiei o final e isso acabou com tudo de bom que li antes nele, pois quase não consigo lembrar da estória, só do final.

4. "Me chamam de grosso, eu não tiro a razão. Eu reconheço a minha grossura": livro mais grosso da estante.
Larissa: "Cisne" (Eleonor Hertzog) - Esse livro é um calhamaço, mas não se assustem quando verem ele, pois a estória compensa...
Viviane: "It, a coisa" (Stephen King) - Ainda não li; acho que vou assistir o filme primeiro

5. Grenal: livro com rivalidade.
Larissa: "A maldição de Arthur" (Graci Rocha) - Quem leu minha resenha sabe que aqui temos um quadrado amoroso, então temos três homens que ficam lutando por Cass, a protagonista.
Viviane: "Mathilda Savitch" (Victor Lodato) - Aqui a rivalidade é por conta da irmã viva que quer provar para os pais que a irmã que morreu não era tão santa quanto eles pensavam, mas o que ela descobre muda completamente seus sentimentos em relação à falecida.

6. "Me caiu os butiá do bolso": personagem com atitudes que te surpreenderam.
Larissa: "Quatro vidas de um cachorro" (W. Bruce Cameron) - Gente, como pode os cães serem tão inteligentes? Amo demais esse livro.
Viviane: "Extraordinário" (R. J. Palacio) - Auggie, o protagonista, tem todos os motivos para ser recluso, introspectivo, triste, enfim... mas ele dá uma aula de gentilezas e amor ao próximo que muda a vida de quem lê o livro.

7. "Não tenho cara de Banrisul": livro que tu namoras há tempos, mas o preço é salgado.
Larissa: "Os 13 porquês" (Jay Asher) - É sem dúvidas o livro mais antigo na minha lista de desejados, mas até hoje não vi ele por menos de R$ 30,00.
Viviane: Os livros da Tess Gerritsen - Haha, isso tem aos montes, mas citarei os livros desta escritora, que estão sempre caros, mas são muito bons.

8. Lagarteando ao sol: livro que tu não trocas por nada.
Larissa: "O menino do pijama listrado" - É claro que eu não ia responder uma tag sem citar meu queridinho, né? Não troco por nada.
Viviane: Os livros da Darkside - Todos... Mas os livros da Darkside são meus mimosos, tanto pelo gênero quanto pela beleza das edições.

9. "Quem não dança maçanico não arruma namorado": personagem que quase ficou pra titia.
Larissa: Eu realmente não consegui pensar em uma resposta para esta pergunta, sorry...
Viviane: "No escuro" (Elizabeth Haynes) - A protagonista sofreu um trauma tão grande com um ex namorado que agora tem medo de se relacionar e corre o risco de ficar para titia.

10. Guerra dos farrapos: livro com batalhas épicas.
Larissa: "Starling" (Lesley Livingston) - Gente, eu não sou de ler livros com guerras/batalhas, mas se tem um que eu li que tenha isto, foi este.
Viviane: "Série Percy Jackson" (Rick Riordan) - Batalhas épicas não é muito o meu estilo, mas nos livros do Percy Jackson tem umas lutas bem legais e gostei bastante dos dois primeiros volumes que li.

11. "Mais enrolado que namoro de cobra": livro com enrolação do início ao fim.
Larissa: "A garota que eu quero" (Markus Zusak) - Não lembro muito da estória (ainda bem), mas tenho tanto "ranço" deste livro que com certeza deve ter sido bem enrolado.
Viviane: "Diário de uma paixão" (Nicholas Sparks) - Não que seja enrolado demais, mas fugiu um pouco do que estou acostumada a ler nos livros do Nicholas, então foi o que menos gostei de todos que já li do escritor.

12. "Gaúcho macho não come mel, mastiga abelha": livro com bad boy/personagem durão.
Larissa: "Aparências" (Lígia Ortiz) - É impossível ler/escutar "personagem durão" e não lembrar do boy desse livro, rs.
Viviane: "Léo e Bia" (Fernanda Terra) - Me apresentou um personagem que não faz meu estilo. Ele era machista, mandão, metido, não me agradou.

13. Arroz de china: livro bom e barato.
Larissa: "Cidades de papel" (John Boyne) - Muita gente não gosta desse livro, porém eu amei a estória, recomendo!
Viviane: "Saga encantadas" (Sarah Pinborough) - O box com os três livros custou bem baratinho e a estória foi surpreendente, bem diferente do que eu esperava.

14. "Mas bah!": livro com final surpreendente.
Larissa: "Muito além do tempo" (Alexandra Monir) - Não é só o final, o livro inteiro é surpreendente... Recomendo!
Viviane: O pântano das borboletas (Federico Axat) - Teve uma revelação no final que nunca na minha vida literária imaginei encontrar em um livro. Preciso reler e ver o que eu deixei passar...

15. "Foi o 20 de setembro o precursor da liberdade": faça sua homenagem ao nosso amado Rio Grande do Sul.
"Eu sou do sul, sou do sul
É só olhar pra ver que eu sou do sul, sou do sul
A minha terra tem um céu azul, céu azul
É só olhar e ver
Eu sou do sul
É só olhar pra ver que eu sou do sul
A minha terra tem um céu azul
É só olhar e ver"

Bom, é isso por hoje, livreiras e livreiros! Esperamos muito que tenham gostado da tag que os IG's citados fizeram, e das nossas respostas, é claro. Beijos e até a próxima postagem!